Discutindo a educação a distância #2

Modalidades de ensino
presencial x a distância

Quando se trata de educação podemos considerar que existem diferentes maneiras de aprender e ensinar, inclusive sabe-se que cada indivíduo tem a sua particularidade em relação à aprendizagem. Mas quais seriam as reais diferenças entre a educação presencial e a distância?

Vejamos a seguir as principais diferenças entre essas modalidades de ensino.

Educação presencial:

A principal referência da educação presencial é a sua estrutura física, porque existe um prédio ou estabelecimento onde ocorrem as aulas regulares com dias e horários determinados e fixos.

Um professor passa o conteúdo diretamente aos alunos em sala de aula e os alunos assistem à aula, realizam exercícios, apresentam trabalhos e interagem com os colegas da sua própria turma e da instituição.

Nessa modalidade a presença do aluno em sala de aula é necessária para que ele não seja reprovado e deve-se observar a regra de integralizar 75% de presença.

Quanto às provas, elas são aplicadas pelos professores presencialmente.

Vantagens:

  • Conhecer os professores.
  • Interagir com a comunidade acadêmica, professores, orientadores, colegas de outros cursos e semestres.
  • Participar de seminários, debates, palestras, congressos, projetos e feiras da instituição.
  • Esclarecer dúvidas na hora da aula e direto com o professor.
  • O dia e horário das aulas já estão programados e você não precisa se preocupar em organizar um cronograma. Apenas deve ir à  aula.

Educação a distância:

Na educação à distância nem sempre o aluno tem a oportunidade de frequentar a instituição de ensino. Por exemplo, a instituição pode ter sede em São Paulo, mas ter um polo presencial em Porto Alegre e o aluno EaD pode se dirigir até esse polo.

Um polo não terá necessariamente a mesma estrutura da instituição de ensino, com muitas salas de aula, bibliotecas e laboratórios. Embora existam instituições que disponibilizam cursos presenciais e EaD no mesmo local, essa não é uma regra.

A EaD é diferente da educação presencial, pois o aluno irá até o polo apenas prestar provas e encontrar-se com o tutor quando for necessário.

Um tutor não é o mesmo professor da disciplina que ensina o conteúdo. Ele é a pessoa que instrui o aluno da educação à distância  em relação ao funcionamento da plataforma de ensino, à forma de contato com o professor entre outros assuntos voltados à orientação e atendimento do aluno no polo. Também é o tutor quem aplica as provas presenciais.

Em relação às aulas e ao estudo, o aluno deve se organizar para acessar a plataforma de ensino via internet e estudar, seja por videoaula, apostila impressa ou virtual. O aluno também deverá realizar e enviar as atividades para o professor e quando tiver dúvidas poderá perguntar na plataforma ao professor da disciplina.

Para ser aprovado o aluno deve realizar provas presenciais no polo demonstrando domínio dos conteúdos estudados.

Vantagens

  • Estudar de acordo com a disponibilidade, no lugar e na hora em que quiser.
  • Maior autonomia para adotar o seu próprio método de estudo.
  • Não gastar com deslocamento até a instituição.
  • Economizar no valor da mensalidade.
  • Não precisar participar de atividades sociais obrigatórias da instituição ou que não tem relação direta com o curso.

Assim como existem cursos presenciais com técnicas e materiais melhores que outros, o mesmo ocorre com a educação a distância.

Antes de se matricular em um curso a distância, é importante verificar se ele disponibiliza aulas em vídeo ou/e apostilas e quais são as formas de interação com o professor.

Tanto a educação presencial quanto a educação a distância são modalidades diferentes de ensino que devem disponibilizar materiais e conteúdos para que os alunos aprendam.

É responsabilidade do aluno aprender, buscar conhecimento e participar. Mesmo que você faça um curso a distância, poderá participar de palestras e congressos que podem ou não estar ligados à instituição.

Em ambos os casos, é bom lembrar que o próprio aluno será o agente principal de sua educação.

Anúncios

13 comentários em “Discutindo a educação a distância #2

  1. Olá, Melissa! Muito esclarecedor. Atualmente estou fazendo um curso EaD e tenho notado as dificuldades que você menciona. Acho que é uma modalidade que exige ainda mais do aluno a característica de correr atrás. Como você disse, é inestimável procurar eventos não ligados à instituição. Tenho podido através disso conhecer pessoas de cantos diferentes do Brasil e compartilhar experiências. Importante pontuar que quando temos provas presenciais o ensino é semi-presencial e não a distância.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Olá, Sou graduada em letras e achei na época que não teria disciplina para estudo a distância, todavia isso mudou possuo disciplina para toda rotina administrativa então não seria diferente para o estudo uma questão de adaptação. O que frustra muito é a desenvoltura dos tutores. Não apresentam um comportamento profissional adequado dependendo da instituição que escolhe com uma linguagem totalmente informal e menor conhecimento o que dá impressão que contratam pessoas inexperientes para esta função e preciso manter a qualidade. Alguns sites prestam serviços para duas ou três faculdades ou seja preste atenção às escolhas os valores mudam, mas quem está por trás do ensino e o mesmo…

    Curtido por 1 pessoa

  3. Parabéns pelo post!
    Eu estou fazendo uma graduação a distância e está sendo uma ótima experiência. Esse tipo de modalidade cresceu bastante e aos poucos as pessoas que tinham certos preconceitos estão mudando de ideia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s